Designers franceses criam almofada no formato de pedra



Editora Globo À primeira vista, as almofadas desenvolvidas pelo estúdio de design frânces Smarin podem não parecer muito confortáveis.

E não é para menos. Com a aparência de pedra, elas confundem quem procura um lugar agradável para sentar ou descansar.

 Mas, ao tocá-las, a sensação de desconforto é dissipada.

 As Livingstones, como são chamadas, são produzidas em diversos tamanhos, e a proposta é utilizar muitas delas em um único ambiente.


Editora Globo




TRANSLADANDO CHURCHILL


"Se você está atravessando o inferno... não pare."
"Não existe opinião pública, existe opinião publicada."
"Fanático é alguém que não muda de idéia e não muda de assunto."
"O que eu espero senhores, é que depois de um razoável período de discussão, todo mundo concorde comigo."
"Penso, logo sou solteiro."
"Ninguém tem dor de estômago por engolir palavras cruéis que deixou de dizer."



FOME COME




Gente eu tô ficando impaciente
A minha fome é persistente
Come frio come quente
 Come o que vê pela frente
Come a língua come o dente
Qualquer coisa que alimente
A fome come simplesmente
Come tudo no ambiente
Tudo que seja atraente
É uma forma absorvente
Come e nunca é suficiente
Toda fome é tão carente
Come o amor que a gente sente
A fome come eternamente.
No passado e no presente
A fome é sempre descontente

 Fome come fome come
 Se vem de fora ela devora
ela devora ela devora
(qualquer coisa que alimente)
Se for cultura ela tritura ela tritura
Se o que vem é uma cantiga
ela mastiga ela mastiga
Ela então nunca discute
 só deglute só deglute
E se for conversa mole
se for mole ela engole
Se faz falta no abdome
fome come fome come

 Gente eu tô ficando impaciente
A fome sempre é descontente
Toda fome é tão carente
Qualquer coisa que alimente
Come o amor que a gente sente
come o amor que a gente sente


Anima Mundi – 2012





http://www.animamundi.com.br/

São Paulo - Encantar o público adulto e infantil durante as mais de 500 sessões, essa é uma das pretensões dos 448 filmes selecionados - 80 brasileiros entre eles - para o 20º Festival Internacional de Animação do Brasil, o Anima Mundi 2012, que ocorre no Rio de Janeiro e São Paulo, entre os dias 13 e 29 de julho.
Neste ano, a novidade é que as animações irão concorrer a uma indicação ao Oscar, prêmio mais importante do cinema mundial, oferecido pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos, marcando a entrada do Anima Mundi no restrito grupo de festivais habilitados a indicar filmes para a premiação de Hollywood.
Os curtas brasileiros candidatos à indicação são Cafeka, de Natalia Cristine; Destimação, de Ricardo De Podestá; Linear, de Amir Admoni; Mentiras São Contadas em Julho, de Rogério Vilela; Neomorphus, do estúdio Animatorio; O Acaso e a Borboleta, de Fernanda Correa e Tiago Américo; O grande Evento, de Thomas Larson; O guitarrista no Telhado, de Guto Bozzetti; Realejo de Marcus Vasconcelos; e Valquíria, de Luiz Henrique Marques Gonçalves.
De acordo com o diretor do Anima Mundi, César Coelho, o filme vencedor da mostra entrará para a lista de indicados ao Oscar como animação de curta-metragem do próximo ano. Por isso, os concorrentes ao prêmio terão atenção especial durante o Anima Mundi. 'Serão quatro sessões apenas dedicadas ao Oscar', diz.
Entretanto, explica que o Anima Mundi também conta com uma extensa e variada programação. 'Tem para todos os gostos, filmes para crianças e adultos, documentários animados, comerciais, longas metragens...', descreveu César Coelho.
Além do Brasil, foram recebidas inscrições da França, Alemanha, Japão, Polônia, Portugal, Estados Unidos, Suíça, Dinamarca, República Tcheca, Síria e Tunísia. Entre os convidados internacionais, estão a diretora inglesa Sarah Cox, que falará sobre o filme que produziu com centenas de crianças do mundo inteiro.'A história do filme todo foi bolada por crianças. Um trabalho lindíssimo', diz Coelho.
Por outro lado, o nova-iorquino Adam Pesapane, conhecido por Pes, traz aulas de culinária usando objetos do cotidiano como, por exemplo, varetas no lugar de macarrão. 'São, todos, objetos que você não imagina que se transformariam em alimentos'. Roger Horrocks, biógrafo de Len Lye, um artista neozelandês morto em 1980, fará uma retrospectiva sobre seus trabalhos, que são referências na animação experimental.
Haverá também palestras de dois brasileiros: Rodrigo Teixeira, que trabalha na indústria cinematográfica norte-americana, e Marcelo Marão, outra referência na animação brasileira atual. Teixeira é diretor de efeitos visuais, principalmente, animação 3D estereoscópica. Seu nome está no letreiro de A invenção de Hugo Cabret, dirigido por Martin Scorsese. Já Marão, segundo Coelho, 'tem um trabalho muito forte na parte de animação autoral e na parte de organização dos animadores, como associação'.
No Rio de Janeiro, o Festival Anima Mundi ocorre entre os dias 13 a 22 deste mês, no Centro Cultural Banco do Brasil, Centro Cultural Correios, Casa França-Brasil, Oi Futuro Flamengo, Odeon, Itaú Arteplex e Oi Futuro Ipanema. Depois, segue para São Paulo, com atividades de 25 a 29 deste mês, no Centro Cultural Banco do Brasil e Memorial da América Latina.  A entrada é gratuita e os horários das sessões estão no site www.animamundi.com.br.
Fernanda Cruz - Repórter da Agência Brasil
Edição: Davi Oliveira
Agência Brasil - Todos os direitos reservados.




Pendrive cheio de cerveja faz sucesso entre geeks


 Divulgação

O site brasileiro Mulher, Cerveja & Futebol disponibilizou pela segunda vez um gadget que deve agradar todo nerd ou geek que tem um gosto por cerveja.
O Pendrive de Cerveja é um pendrive normal, mas seu exterior transparente mostra algo inusitado: o produto é cheio da bebida alcoólica.
Segundo os administradores da loja online, esta segunda versão é superior a do esgotado estoque vendido anteriormente, porque houve a mudança de fornecedor. O produto vem dentro de uma latinha e está disponível em versão de 8 gb por R$ 109, ou 4 gb por R$ 79.


Imãs de geladeira imitam ícones de aplicativos do iPhone


 Divulgação

A loja Jailbreak Toys, de Nova York, nos Estados Unidos, disponibilizou imãs de geladeira que prometem ser sucesso entre o público geek.

Os imãs criados pela empresa imitam os ícones dos aplicativos padrão de um aparelho iPhone. Ao todos, são 18 modelos diferentes e cada um deles está disponível pelo equivalente a R$ 32.
O iPhone é um dos mais conhecidos smartphones do mercado, criado, fabricado e destribuído pela Apple.

O aparelho é multimídia e possui câmera, tela de toques, tocador de vídeos e músicas e acesso à internet. O aparelho foi disponibilizado no mercado em 2007 e atualmente conta com mais de 6,4 milhões de unidades apenas nos Estados Unidos. "Pequenas Empresas Grandes Negócios"